Risco de Trombose com uso de Anticoncepcionais

Anvisa alerta sobre risco de trombose em usuárias de anticoncepcionais

Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR

31/10/2011 | 14h05 | Mulheres

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou nesta segunda-feira uma alerta às mulheres que tomam anticoncepcionais combinados (com dois tipos de hormônio). A informação é que o uso frequente de anticontraceptivos que contém o hormônio drospirenona pode elevar o risco de formação de coágulos, assim como trombose venosa e tromboembolia pulmonar.

A informação é baseada nos resultados em um estudo feito entre 2001 e 2009 com mulheres dinarmaqueses que tinham entre 19 e 49 anos e que não engravidaram nem tinham em seu histórico doenças trombóticas. O estudo ganhou destaque após ser publicada na respeitada revista acadêmica British Medical Journal (BMJ) e no sítio eletrônico da agência norte-americana para medicamentos e alimentos, o Food and Drugs Administration (FDA).

As pilulas combinadas ganharam popularidade por diminuirem os efeitos colaterais comuns nos anticoncepcionais, como inchaço, ganho de peso, dores de cabeça e diminuição de libido, já que são feitas com quantidades diferenciadas de hormônio.

Os pacientes que fazem uso de anticoncepcionais com o hormônio drospirenona (um hormônio similar à progesterona que o corpo produz), como Yasmin e Yaz da farmacêutica BayerHealthCare , devem seguir todas as recomendações médicas, segundo a Anvisa, e comunica-lo no caso de qualquer reação adversa durante o uso, mesmo que as reações estejam na bula.

Segundo a Bayer, fabricante de 10 tipos de anticoncepcionais combinados,  “o tromboembulismo é raro na população em geral, mas é durante a gravidez que o risco aumenta. Sendo que uma pesquisa feita pelo laboratório apresentou 60 casos de trombose entre mulheres grávidas, em 100 mil, enquanto em usuárias de anticoncepcional houve de 20 a 40 casos e mulheres que não tomavam contraceptivos apresentaram de 5 a 10 casos”.

A Anvisa informou ainda que continua favorável ao uso, mesmo sem concluir um “parecer definitivo” e permanece acompanhando o assunto.


Comentário da Dra. Ana Carolina:

O periódico British Medical Journal publicou, em abril desse ano, um estudo que demonstrou que, embora os novos anticonconcepcionais com drospirenona não causem a maioria dos efeitos colaterais conhecidos desses medicamentos, o risco de causar trombose venosa profunda continua a ser um problema.

Em outros tópicos desse blog, você poderá entender o que é a trombose venosa profunda e suas causas. A relação entre trombose venosa profunda e o uso de anticoncepcionais é conhecida de longa data. Inclusive, um histórico de trombose pode ser motivo de contra-indicação desse método contraceptivo em algumas pacientes predispostas. O alarde atual está no desapontamento ao observar que um dos efeitos colaterais mais graves dessas medicações continua limitando seu uso mesmo nas formulações mais modernas. Estudos de 2007 não demostraram a correlação dessa linha de anticoncepcionais com a trombose.

Entretanto, não há motivo para abandonar o método, nem mesmo anticoncepcionais como Yaz e Yasmin. A avaliação de um especialista pode ajudar a decidir entre as opções disponíveis e usar o anticoncepcional de forma eficaz e segura.

Dra. Ana Carolina Freire Costa, médica (CRM/RS 32837)

Compartilhe este post:
Carregar mais artigos relacionados

Veja Também

A Síndrome da Classe Econômica

Durante as férias muitas pessoas aproveitam para viajar ...

Inscreva-se

Postagens recentes

Tratamento de Varizes com Espuma

1

ATEROSCLEROSE DA ARTÉRIAS DAS PERNAS

2

ANEURISMA DE AORTA ABDOMINAL

pernas-saudaveis

Por que as varizes causam coceira?

3

Quer ter pernas saudáveis?

Pesquisar…